Ópera “Longa Marcha” retornará a Pequim em novembro

Produzida pelo Centro Nacional de Artes Performáticas, ela retrata o histórico evento chinês

Pequim receberá de volta a ópera “Longa Marcha”, que estará em cartaz no Centro Nacional de Artes Performáticas (NCPA, na sigla em inglês) entre os dias 6 e 8 de novembro. Dedicada à épica Longa Marcha, liderada pelo Partido Comunista da China (PCCh), a ópera de seis atos produzida originalmente pelo NCPA estreou em julho de 2016, como uma homenagem ao 80° aniversário de vitória do acontecimento histórico chinês. Além da “Longa Marcha”, o NCPA já produziu outras 10 óperas com temas nacionais da China.

A Longa Marcha foi uma manobra militar realizada pelo Exército Vermelho de Trabalhadores e Agricultores, sob a liderança do PCCh, entre os anos de 1934 e 1936. Durante esse período, os soldados partiram de suas bases e marcharam por perigosos rios, montanhas cobertas de neve e pradarias áridas para quebrar o cerco contra Kuomintang e prosseguir na batalha contra invasores japoneses, sendo que alguns soldados chegaram a marchar 12,5 mil km.


Fonte: Xinhua

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.