Taxas de mortalidade materna e infantil na China caem para mínimos históricos

Autoridades melhoraram serviços de saúde e garantiram igualdade de acesso

Créditos: Xinhua/Xiao Yijiu

As taxas de mortalidade materna e infantil da China caíram para um mínimo histórico, informou a Comissão Nacional de Saúde, nesta segunda-feira.

Em 2021, a China registrou uma taxa de mortalidade materna de 16,1 por 100 mil, anunciou Song Li, chefe do departamento de saúde materno-infantil da comissão. Ao mesmo tempo, as taxas de mortalidade de bebês e crianças menores de cinco anos caíram para 5 por mil e 7,1 por mil, respectivamente, ambas para um recorde baixo.

Em comparação com dez anos atrás, a taxa de mortalidade materna, as taxas de mortalidade de bebês e crianças menores de cinco anos caíram 38%, 58% e 54%, respectivamente, revelou Song.

Ela observou que o país fez conquistas notáveis na construção de mecanismos de saúde para mulheres e crianças, melhorando os serviços de saúde relacionados e garantindo a igualdade de acesso a esses serviços.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.