Fabricantes de automóveis processam governo dos EUA por tarifas sobre peças chinesas

Tesla, Volvo, Mercedes e Ford classificaram taxas adicionais de 25% como “ilegais” e “arbitrárias”

Uma matéria publicada pela Agence France-Presse (AFP) revelou que as fabricantes de automóveis Tesla, Volvo, Mercedes e Ford apresentaram ações contra o governo dos Estados Unidos para pedir o fim das tarifas sobre algumas peças importadas da China.

As montadoras classificam as taxas como “ilegais” e solicitam que os direitos alfandegários pagos por importações sejam devolvidos com juros.

Em um documento, a Tesla chama as tarifas adicionais de 25% impostas pelo governo Trump de “arbitrárias, caprichosas e um abuso de poder”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.