Estação de troca de bateria para carros elétricos é aberta no Tibet

Baterias são recarregadas com energia 100% limpa

Créditos: Xinhua/Lyu Qiuping

Uma estação de troca de baterias para carros elétricos entrou em operação, na quarta-feira, em Lhasa, capital da Região Autônoma do Tibet, sudoeste da China.

A estação, operada pela fabricante chinesa de carros elétricos NIO, é a primeira do tipo na região. Os usuários podem deixar as baterias com pouca carga e levar em seu lugar uma totalmente carregada.

As baterias com pouca carga são recarregadas com energia 100% limpa gerada por energia hidrelétrica e solar, de acordo com Guo Jianxin, que trabalha na estação.

“A troca de bateria não leva mais de cinco minutos”, disse Cai Junbo, 48 anos, turista que dirigiu para Lhasa da Província de Hainan, no sul da China, e foi o primeiro cliente da nova estação. Ele acrescentou que levou mais de uma hora para carregar seu carro em outras estações durante sua viagem.

Antes do lançamento, o Tibet só tinha estações de troca de bateria para caminhões de carga pesada. Com uma média de mais de 3 mil horas de sol por ano, Lhasa é conhecida por sua abundante energia solar.

Até o final de 2021, a China havia construído 75 mil estações de carregamento, 2,62 milhões de totens de carregamento e 1.298 estações de troca de bateria, de acordo com o Ministério da Indústria e Informatização.

Fundada em novembro de 2014, a NIO é pioneira no mercado de veículos elétricos premium da China, com sede global localizada em Xangai e sede chinesa em Hefei.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.