Chineses descobrem estátua sem cabeça embaixo de prédio

Residentes moraram por anos sobre obra religiosa

Moradores de Chongqing foram surpreendidos pela descoberta de que um prédio residencial da região foi construído sobre uma escultura religiosa de quase um século. A obra, sem cabeça, fica em uma encosta íngreme.

O governo do distrito de Nan’an explicou nas redes sociais que a estátua foi construída na durante o período da República da China (1912-1949) e que a cabeça foi destruída na década de 1950. Cerca de 30 anos depois, as moradias foram construídas em cima da obra.

Especialistas do escritório de administração de relíquias culturais da China afirmaram que a escultura de 9 m de altura pertencia a uma religião popular. Além disso, já existiu um templo taoísta ao lado do artefato, mas foi demolido em 1987. 

Em 1997, a estátua foi eleita uma relíquia cultural do distrito, segundo o governo local.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.