China registra queda na taxa de desemprego em setembro

Mais de oito milhões de novos empregos foram criados nos três primeiros trimestres de 2020

Dados do Departamento Nacional de Estatísticas (DNE) indicam que a taxa de desemprego pesquisado nas áreas urbanas da China ficou em 5,4% em setembro, 0,2 ponto percentual menor que a de agosto.

Segundo relatório divulgado nesta semana pelo DNE, um total de 8,98 milhões de novos empregos urbanos foi criado nos três primeiros trimestres, completando 99,8% da meta anual.

A taxa de desemprego pesquisado entre aqueles com idade entre 25 e 59 anos, a maioria do mercado de trabalho, ficou em 4,8% em setembro, inalterada em relação a agosto. Enquanto isso, a taxa de desemprego pesquisado em 31 grandes cidades foi de 5,5% no mês passado, uma queda de 0,2 ponto percentual em relação a agosto.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.