China promete maior apoio ao emprego das pessoas emergindo da pobreza

Mais de 32 milhões de pessoas que saíram da pobreza encontraram empregos em 2021

Em um esforço para consolidar suas conquistas de eliminação da pobreza, a China se esforçará para garantir que pelo menos 30 milhões de pessoas que foram retiradas da pobreza tenham empregos neste ano, disse Liu Huanxin, vice-chefe do Escritório do Grupo Dirigente Central do Trabalho Rural e chefe da Administração Nacional para Vitalização Rural.

Em 2021, cerca de 31,45 milhões de pessoas que saíram da pobreza encontraram empregos. O número é 1,26 milhão maior do que o nível de 2020, disse Liu, prometendo esforços para alcançar resultados ainda melhores este ano.

Para isso, Liu disse que será feito um trabalho para impulsionar a cooperação dos serviços de trabalho entre províncias, cidades e distritos, desenvolver indústrias características, fornecer empregos de assistência social em áreas rurais e apoiar o empreendedorismo e o emprego flexível.

Como resultado dos esforços do país para consolidar suas conquistas de alívio da pobreza e perseguir a vitalização rural, o rendimento líquido médio das pessoas que se livraram da pobreza provavelmente tenha atingido 12.500 yuans (US$ 1.968) no ano passado, um aumento de mais de 16,5% em relação ao ano anterior, mostram dados oficiais.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.