China e EUA se reunião para discutir disputa comercial

O encontro entre representantes dos dois países vai acontecer em Washington no final do mês de agosto

Será realizada no final do mês de agosto mais uma rodada de negociações entre a China e os Estados Unidos sobre os termos que levaram os países a iniciar uma guerra comercial. O vice-ministro do Comércio chinês, Wang Shouwen, liderará uma delegação que vai a Washington para se reunir com representantes norte-americanos encabeçados pelo subsecretário do Tesouro para Assuntos Internacionais, David Malpass.

A China reafirmou, em um comunicado, a sua posição contrária ao unilateralismo e protecionismo comercial e de não aceitar nenhuma forma de medida restritiva unilateral de comércio. O país ainda elogia o diálogo e a comunicação com base na reciprocidade, igualdade e integridade.

A iniciativa tem intenções positivas, mas ainda existem dúvidas se os países chegarão ou não a um entendimento. Uma nota escrita pelo chefe do escritório de Pequim do banco de investimento Everbright Sun Hung Kai, Jonas Short, afirma que “o segundo escalão das delegações sugere que ambos os lados permanecerão distantes, e um acordo para essa visita é bastante improvável”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.