Xangai planeja se tornar centro financeiro internacional de carbono

Metrópole está implementando diversas soluções ecológicas, incluindo emissão de novos títulos verdes

A cidade de Xangai, no leste da China, pretende se transformar em um centro internacional de finanças de carbono em meio aos esforços para atingir o pico das emissões até 2025, cinco anos antes da agenda geral do país, anunciou Chen Yin, vice-prefeito da metrópole.

Segundo o vice-prefeito, foram adotadas muitas inovações na área, incluindo a emissão dos primeiros títulos verdes de neutralidade em carbono. A cidade também vem buscando um desenvolvimento ecologicamente correto, ajustando sua estrutura industrial, atualizando as matrizes energéticas e construindo um ambiente propício à inovação em tecnologias de baixa poluição.

As finanças do carbono serão uma parte importante no impulso da cidade para se transformar em um centro financeiro internacional, disse Chen em uma coletiva de imprensa em Pequim na última semana.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.