Wuhan inaugura primeiro Salão Internacional de Automóveis após COVID-19

Trabalhadores médicos e voluntários que estiveram na linha de frente contra a doença têm descontos para a compra de veículos

Foi inaugurado em Wuhan o 18º Salão Internacional de Automóveis do Centro da China, maior show do gênero desde que a cidade foi atingida pela epidemia do novo coronavírus. O evento espera atrair mais de 100 mil visitantes.

Trabalhadores médicos e voluntários que estiveram na linha de frente na luta contra a doença têm descontos especiais para a compra de veículos. A dedução pode chegar a 20 mil yuans (US$ 2.850).

Esta edição conta com mais de 60 marcas de automóveis, incluindo BMW e Mercedes-Benz. “É um marco na retomada do ímpeto econômico de Wuhan e no aumento da confiança do consumidor”, disse Wang Zhi, secretário-geral adjunto da associação de revendedores de automóveis de Wuhan.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.