Treino China-Rússia marca nova era em exercícios conjuntos, diz porta-voz

Foi a primeira vez em que as forças armadas russas foram convidadas a ir à China em grande escala

Um exercício militar conjunto entre a China e a Rússia, de codinome ZAPAD/INTERACTION-2021, traçou o curso de um novo ponto alto nas relações bilaterais, abriu novos horizontes para exercícios militares entre grandes países, e explorou novos modelos de planejamento de exercícios, disse Tan Kefei, porta-voz do Ministério da Defesa Nacional, na última semana.

Em um dos destaques, o conselheiro de Estado e ministro da Defesa Nacional chinês, Wei Fenghe e o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, observaram o exercício, conversaram e presenciaram a assinatura de documentos de cooperação.

Pela primeira vez, as forças armadas russas foram convidadas a ir à China em grande escala para participar de um exercício de campanha estratégica organizado pelo lado chinês. Durante o exercício, as tropas chinesas e russas foram misturadas em grupos, fizeram planos de exercícios em conjunto e realizaram operações conjuntas no mesmo campo de batalha.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.