Telescópio da China detecta campo magnético mais forte já observado no universo

Campo magnético encontrado é dezenas de milhões de vezes mais forte do que o que pode ser gerado em qualquer laboratório na Terra

Usando o primeiro satélite astronômico de raio-X da China, cientistas chineses e alemães detectaram o mais forte campo magnético já observado no universo.

Os resultados foram publicados no Astrophysical Journal Letters do mês passado.

As estrelas de nêutrons possuem os campos magnéticos mais fortes do universo, com radiações de raio-X (chamadas de “pulsares”) que podem ser detectadas por telescópios. Em agosto de 2017, a equipe observou um pulsar na estrela GRO J1008-57 com campo magnético tão alto quanto um bilhão de tesla. O valor é dezenas de milhões de vezes mais forte do que o que pode ser gerado em qualquer laboratório na Terra.

O trabalho foi conduzido por cientistas do Instituto de Física de Alta Energia da Academia Chinesa de Ciências e da Universidade Eberhard Karls de Tübingen, na Alemanha.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.