Ruínas de Sanxingdui na China se candidatam ao status de patrimônio da UNESCO

Local foi descoberto acidentalmente por um fazendeiro na década de 1920

As lendárias ruínas de Sanxingdui na província de Sichuan, sudoeste da China, junto com as ruínas de Jinsha na capital da província de Chengdu, se candidatarão ao status de Patrimônio Cultural Mundial da UNESCO, disse o governo da província na segunda-feira.

Localizadas na cidade de Guanghan, as ruínas são consideradas um dos maiores achados arqueológicos do século XX. O local foi descoberto acidentalmente por um fazendeiro quando ele cavava uma trincheira na década de 1920.

Em 1986, um grande número de relíquias foi descoberto no local, gerando interesse mundial. Em outubro de 2019, os arqueólogos descobriram seis novos fossos sacrificais. Até agora, mais de mil relíquias significativas foram desenterradas.

Luo Qiang, vice-governador de Sichuan, disse que a construção do Parque do Patrimônio Nacional e um novo museu foram acelerados para tornar Sanxingdui um destino turístico mundialmente famoso.

 

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.