Pequim lança plano para renovar partes da Grande Muralha

O projeto é dividido em duas partes e inclui ao todo 2.772 m e 17 torres da muralha

O governo local de Pequim anunciou um novo projeto de renovação para cobrir algumas partes da Grande Muralha de Jiankou, localizada no distrito de Huairou, no norte da cidade. A Administração Nacional de Patrimônio Cultural já aprovou o plano, que inclui, ao todo, 2.772 m da Grande Muralha, com 17 torres.

A parte oriental da Grande Muralha de Jiankou começará a ser renovada em agosto e o processo deverá ir até agosto de 2020. De 2020 a 2021 será a vez da parte sul da muralha ser renovada.

A Grande Muralha de Jiankou, que tem 7.952 m de extensão, foi construída durante a Dinastia Ming (168-1644). Como fica localizada no alto de montanhas íngremes, esta seção chegou a ser esquecida e foi danificada com o tempo. Pequim vem focando, nos últimos anos em reparar a parte de Jiankou da Grande Muralha, já tendo sido renovados 1.487 m dela.

Uma pesquisa sobre a Grande Muralha, que foi feita em 2006 pelas autoridades de Pequim, mostra que as partes restantes desse importante monumento chinês que ficam na cidade têm 573 km de extensão. Segundo o departamento municipal de patrimônio cultural de Pequim, a cidade investiu, entre 2016 e 2017, 374 milhões de yuans (US$ 55,9 milhões) em proteção e renovação da Grande Muralha.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.