Governo chinês melhora seguros de saúde para pacientes pobres

O plano de trabalho foi lançado para reforçar a campanha de alívio da pobreza no país e permitirá que moradores rurais obtenham maiores benefícios do seguro de saúde

Um plano de trabalho de três anos foi lançado pela China para impulsionar o seguro de saúde para moradores nas áreas rurais, com a missão de ajudar a atual da campanha de alívio da pobreza no país. O plano de trabalho 2018-2020 tem como foco as pessoas que vivem em áreas extremamente carentes e estão em situação de pobreza devido a doenças, e, de acordo com a Administração Estatal de Seguro Médico, visará garantir que os moradores rurais afetados pela pobreza obtenham maiores benefícios do seguro de saúde.

O plano, que foi divulgado pela Administração Estatal de Seguro Médico, pelo Ministério das Finanças e pelo Escritório do Grupo Dirigente de Alívio da Pobreza e Desenvolvimento do Conselho de Estado, diz que o seguro de saúde básico, o seguro para doenças graves e a assistência médica devem cobrir todos os moradores rurais até 2020. O seguro para doenças graves deverá pagar mais as taxas médicas dos moradores rurais carentes durante todo esse período.

A China tem o plano de erradicar completamente a pobreza do país até 2020, o que significa que, em menos de três anos, cerca de 30 milhões de pessoas ainda deverão ser retiradas dessa situação. Segundo Hu Jinglin, chefe da Administração Estatal de Seguro Médico, cerca de 40% dessas pessoas são afetadas pelo que chamam de pobreza causada por doenças. “Muitas dessas pessoas estão sofrendo de doenças sérias ou crônicas ou doenças que voltam facilmente”, afirmou Hu. O governo chinês vê esse tipo de pobreza como um grande desafio na batalha contra a pobreza no país, e desde 2016 vem adotando diretrizes sobre execução de programas de seguro de saúde nas áreas rurais carentes.


Fonte: Xinhua

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.