Embaixada chinesa destaca consenso entre China e Brasil no âmbito do BRICS

Jin Hongjun afirmou que países são “inseparáveis como parceiros estratégicos globais”

Créditos: Xinhua/Li Xueren

A 14ª Cúpula do BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, realizada na semana passada, marcou um novo momento na história do grupo e o consenso alcançado por China e Brasil confirma a intenção de ambas as partes de uma parceria cada vez mais profunda e ampliada.

Foram essas as palavras usadas pelo Encarregado de Negócios da Embaixada da China no Brasil, Jin Hongjun, para resumir os resultados da reunião de cúpula e os eventos associados.

Jin realizou uma coletiva de imprensa virtual que contou com a participação de jornalistas dos principais meios brasileiros e da imprensa internacional, além de importantes personalidades acadêmicas.

Durante a entrevista, Jin lembrou que na semana passada foram realizados, sob a presidência da China, três eventos de grande relevância: o Fórum Empresarial do BRICS, a 14ª Cúpula do BRICS e o Diálogo de Alto Nível sobre Desenvolvimento Global, nos quais o presidente Xi Jinping fez observações guiadas pela salvaguarda dos interesses comuns e de longo prazo para a humanidade.

“Suas propostas foram bem recebidas pelos líderes presentes na Cúpula e pela comunidade porque orientam o futuro do mecanismo do BRICS, aplanam o caminho para a melhora dessa associação e abrem perspectivas para que o BRICS desempenhe um papel ainda maior nos assuntos internacionais”, afirmou Jin.

Segundo ele, essa cúpula é um novo marco na história do BRICS e as declarações do presidente Xi Jinping terão repercussões de grande alcance na evolução da ordem internacional, na melhora da governança mundial e no progresso comum de toda a humanidade.

Jin Hongjun destacou também o papel do Brasil como maior país em desenvolvimento do hemisfério ocidental, como membro fundador do BRICS e como única nação latino-americana a integrar esse mecanismo.

“Durante quase meio século, China e Brasil vem desenvolvendo suas relações de forma constante e saudável, têm uma grande convergência de interesses na política internacional e nos assuntos multilaterais e, portanto, são inseparáveis como parceiros estratégicos globais”, destacou.

O consenso alcançado pelos líderes da China e do Brasil nesta série de eventos no marco do BRICS demonstra a grande importância que ambas as partes concedem a uma parceria cada vez mais profunda e ampliada.

“A China está disposta a trabalhar com o Brasil para intensificar as consultas no âmbito do BRICS e em outros fóruns bilaterais e multilaterais, em busca de um maior desenvolvimento e impacto global de nossas relações na nova era”, afirmou o Encarregado de Negócios da Embaixada da China no Brasil.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.