China demandará US$ 1,47 trilhão em aeronaves comerciais nas próximas duas décadas

Previsão foi anunciada pela Boeing em Pequim

O mercado de aviação da China criará uma demanda de novas aeronaves comerciais avaliada em US$ 1,47 trilhão nos próximos 20 anos, disse uma recente previsão de mercado da Boeing, divulgada em Pequim na quinta-feira.

A vitalidade econômica da China e a recuperação da demanda por viagens aéreas permitirão às companhias aéreas do país a comprar cerca de 8,7 mil novas aeronaves no período de 2021-2040. Ao longo de 20 anos, o mercado chinês receberá cerca de 6,5 mil aviões de corredor único e quase 2 mil aviões de fuselagem larga, mostrou a previsão da fabricante americana.

Nos próximos 20 anos, a China também deve criar um mercado de serviços de aviação comercial avaliado em cerca de US$ 1,8 trilhão, mostrou a previsão. O setor de aviação da China continua sendo o segundo maior do mundo em termos de viagens de passageiros há 15 anos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.