Construção de zonas piloto para economia digital tem início na China

Espera-se que as regiões onde essas zonas piloto estão sendo construídas aproveitem para desempenhar um papel exemplar no desenvolvimento da economia digital

A China deu início à construção de seis zonas piloto de nível nacional para a inovação e o desenvolvimento da economia digital. Essas zonas piloto serão estabelecidas na Nova Área de Xiongan, na província de Hebei; no município de Chongqing e nas províncias de Zhejiang, Fujian, Guangdong e Sichuan, de acordo com uma reunião realizada durante a Conferência Mundial de Internet em Wuzhen.

Yang Xiaowei, vice-diretor da Administração de Ciberespaço da China, afirmou que é esperado que as regiões aproveitem as oportunidades para aprofundar as reformas estruturas no lado da oferta e que desempenhem um papel exemplar no desenvolvimento da economia digital. O plano para as zonas pilotos diz que elas visam explorar diversos aspectos da economia digital, incluindo novas relações de produção e distribuição de recursos, para assim liberar novo impulso de crescimento.

A economia digital da China segue em alta, com uma taxa de crescimento de mais de 20% por ano nos últimos três anos, pelo que disse Ren Zhiwu, subsecretário-geral da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma. Em 2018, o tamanho da economia digital da China cresceu para 31,3 trilhões de yuans (US$ 4,4 trilhões), o que representou 34,8% do PIB do país, de acordo com o Relatório do Desenvolvimento de Internet da China 2019.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.