Zoológico na China lança miniprograma de Realidade Aumentada

Desenvolvido junto da Baidu, ele deverá melhorar a experiência online e off-line dos visitantes

O Jardim Zoológico Safari Chimelong, localizado na cidade de Guangzhou, no sul da China, lançou um miniprograma de Realidade Aumentada (AR) que ajudará os visitantes a explorarem melhor o parque. Desenvolvido em conjunto pelo Chimelong e a gigante de tecnologia Baidu, o objetivo do miniprograma é fazer com que a experiência de visita do zoológico seja melhor tanto no âmbito online, quanto no off-line.

Os visitantes poderão procurar pelo Chimelong AR Zoo pelo próprio Baidu e encontrar o miniprograma que integra a introdução de áudio dos animais, câmera de realidade aumentada e guia de localização AR. A câmera transmite ao vivo os animais para o app e os usuários também podem fazer o upload de suas fotos.

No final, a tecnologia combina as fotos com as transmissões e cria imagens de AR de diferentes animais. O guia localiza exatamente os mais de 20 mil animais selvagens de mais de 500 espécies que vivem no parque. No futuro, a Baidu e o Chimelong deverão implementar no programa um sistema de pagamento móvel e a função de publicar uma nota sobre a visita.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.