Xinjiang recicla filme plástico agrícola para reduzir a poluição branca

O material é usado para otimizar a agricultura e reduzir os custos, mas provoca poluição

A produção agrícola com filme plástico, apesar de ter um custo mais baixo, vem sendo a causa de poluição branca em diversas e vastas áreas rurais da China, mas a Região Autônoma Uigur de Xinjiang parece ter encontrado uma solução para esse problema na reciclagem. O departamento regional de agricultura informou que foram estabelecidas 42 estações de reciclagem para lidar com os lixos plásticos gerados pelo cultivo em Xinjiang.

A nova tecnologia de reciclagem permitiu que mais de 60% dos materiais plásticos agrícolas da região pudessem encontrar uma nova vida e ser reutilizados. O departamento ainda acredita que em dois anos, a taxa de reciclagem ultrapassará 80%. Xinjiang tem promovido o uso de filme plástico nos campos para que a terra continue quente e com umidade preservada desde o final dos anos de 1970 nas plantações de milho, algodão e verduras. Essa prática permite o cultivo eficiente em água, além de aumentar a lavoura de cereais, mesmo em condições desfavoráveis de solo.

O departamento de agricultura de Xinjiang afirmou que materiais plásticos de cultivo são usados em aproximadamente 3,3 milhões de hectares de terras cultiváveis e cobrem mais de 30 variedades de cultivo. Para lidar com as consequências negativas dessa prática agrícola, o governo regional ainda emitiu em 2016 uma regra com padrões para a produção, venda e uso de filme plástico agrícola.


Fonte: Xinhua

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.