Xinjiang expande área de teste para arroz de solo salino

Chegando em área perto do deserto Taklimakan, a área de campo de teste foi de 5,3 ha para 20 ha este ano

A equipe de pesquisa e desenvolvimento do arroz salino de Yuan Longping, que é uma prestigiada pioneira em arroz híbrido, está expandindo a sua escala de plantio na margem ocidental do deserto Taklimakan, na Região Autônoma de Cinjiang, na China. Este ano, a área de campo de teste, na vila de Bayiawati, distrito de Yopurga de Kashar, foi ampliada para 20 ha, ante os 5,3 ha do ano passado, pelo que informou Cao Zhishun, líder da equipe.

Cao afirmou que a salinidade do solo local é de cerca de 1,7% e seu pH é acima de oito, o que indica um alto grau de salinidade. “O arroz de solo salino pode melhorar o solo e reduzir a salinidade, transformando-o em terra fértil entre três e cinco anos”, explicou.

A vila tem um total de 1.000 ha de solo salino que é completamente inadequado para o plantio, pelo que disse Alimjan, chefe da vila. No ano passado, a safra dos campos de teste excedeu a expectativa da equipe de Cao, tornando-os mais confiantes sobre o potencial do seu arroz. Segundo Cao, cerca de 1.333,3 mil hectares, ou 30% das terras cultiváveis de Xinjiang, são salinos em graus variados, e o arroz salino tem grande importância para melhora do solo.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.