Xi pede esforços conjuntos para buscar e manter a paz

Presidente fez discurso na cerimônia de abertura do Fórum Empresarial do BRICS

Créditos: Xinhua/Li Xueren

O presidente chinês, Xi Jinping, pediu esforços conjuntos para buscar e salvaguardar a paz, nesta quarta-feira. A história mostra que hegemonia, política de grupo e confrontos em bloco não trazem paz nem estabilidade, mas sim guerra e conflito, observou ele em um discurso proferido em formato virtual na cerimônia de abertura do Fórum Empresarial do BRICS.

A crise da Ucrânia voltou a soar o alarme para a humanidade: os países certamente acabarão em dificuldades de segurança se colocarem fé cega em suas posições de força, expandirem alianças militares e buscarem sua própria segurança às custas dos outros, indicou Xi.

Observando que a salvaguarda da paz é a causa comum de toda a humanidade, Xi indicou que somente se todos apreciarem e defenderem a paz, e se lembrarem e aprenderem com as lições amargas da guerra, poderá haver esperança.

“Diante do tumulto e da instabilidade no mundo, devemos ter em mente a aspiração original da Carta da ONU, bem como nossa missão de promover a paz”, disse Xi.

Exortando a comunidade internacional a abandonar o jogo de soma zero e a opor-se conjuntamente à hegemonia e à política de poder, Xi apelou para a construção de um novo tipo de relações internacionais com respeito mútuo, equidade e justiça, e cooperação mutuamente benéfica.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.