Wuhan oferece mais de US$700 milhões em apoio financeiro para restaurantes

A cidade chinesa mais afetada pela epidemia de COVID-19 quer ajudar na retomada do setor de serviços de alimentos

Wuhan, a cidade mais afetada pela epidemia de COVID-19 na China, passou a oferecer apoio financeiro para ajudar os restaurantes a retomar as operações.

A partir desta semana, o banco Rural Commercial Wuhan oferecerá 5 bilhões de yuans (cerca de US$707 milhões) em empréstimos a prestadores de serviços de alimentos e bebidas na cidade, que também podem solicitar subsídios de juros do governo.

A capital da Província de Hubei possui 51.000 prestadores de serviços de alimentos e bebidas registrados, com cerca de 500.000 pessoas empregadas.

“Os restaurantes viram seus negócios retornarem a 40% dos níveis comuns, enquanto o setor de entrega de alimentos atingiu 80%”, explicou Liu Guoliang, chefe da associação da indústria de alimentos e bebidas de Wuhan.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.