Wuhan, na China, suspende transporte público, voos e trens ao exterior

A medida tomada vem numa tentativa de conter a propagação no novo coronavírus, que tem causado uma epidemia na região

Wuhan, uma grande cidade no centro da China que está enfrentando um surto de pneumonia, suspende o transporte público e fecha o aeroporto e as estações de trens para viajar ao exterior, tendo pedido aos seus cidadãos que não deixem a cidade sem razões específicas. Segundo um boletim divulgado na manhã de quinta-feira (23) pelo Centro de operações de Wuhan para o controle e tratamento da pneumonia causada pelo novo coronavírus, as medidas consistem num esforço para “conter efetivamente a propagação do vírus, frear o surto e garantir a saúde e a segurança do povo”. 

Os ônibus municipais, trens, balsas e ônibus de longa distância, assim como os voos e trens para deixar a cidade, foram suspensos na própria quinta-feira, até segunda ordem. Até quarta-feira, a província de Hubei, onde fica localizada Wuhan, já tinha reportado 444 casos de pneumonia relacionada ao novo coronavírus, tendo sido relatadas 17 mortes. 

Distribuição de máscaras

O governo central da China lançou uma coordenação emergencial para a produção de máscaras, para satisfazer a demanda pelo produto durante esse surto do novo vírus, pelo que informou o Ministério da Indústria e Informatização. A pasta está trabalhando para coordenar os fabricantes locais desses produtos para acelerarem a produção e pedindo que os departamentos locais pesquisem a oferta de emergência para prevenção e controle da epidemia.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.