Voluntários brasileiros recebem primeira dose da vacina chinesa contra COVID-19

Nove mil profissionais da saúde participam da terceira e última fase de testes da vacina

Teve início nesta segunda-feira os testes no Brasil da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã.

A terceira e última fase de testes conta com nove mil voluntários de seis Estados brasileiros. Apenas profissionais da saúde que atuam diretamente na luta contra a COVID-19 puderam se candidatar para participar do estudo.

Os voluntários serão acompanhados por um período de doze meses, e deverão fazer exames rotineiros para dosagem de anticorpos.

Segundo o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, caso os testes comprovem a eficácia da vacina, o Brasil ficará com 60 milhões de doses para distribuição até o final deste ano.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.