Vice-premiê da China pede maior proteção do Rio Yang-Tsé

Han Zheng disse que as atividades econômicas que se relacionam ao rio não podem prejudicar seu ambiente ecológico

Han Zheng, vice-primeiro-ministro da China e membro do Comitê Permanente do Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh), pediu aos funcionários do governo que medidas sejam tomadas para proteger e restaurar o ambiente ecológico do Rio Yang-Tsé. Han, que ainda é chefe de um grupo dirigente que promove o desenvolvimento do Cinturão Econômico do Rio Yang-Tsé, fez essa solicitação durante um simpósio para funcionários de nível provincial e ministerial.

Ele ressaltou que as atividades econômicas relacionadas ao rio não devem prejudicar o seu ambiente ecológico e que o desenvolvimento da região deve procurar seguir um caminho sustentável. Segundo Han, o ambiente ecológico do Yang-Tsé ainda está enfrentando uma situação grave, e uma inspeção realizada em 2018 mostrou alguns problemas sérios, como poluição e danos ambientas. “Atualmente a prioridade máxima é proteger e restabelecer o ambiente ecológico do Rio Yang-Tsé”.

O vicê-premiê ainda pediu que os funcionários assumam suas responsabilidades e tomem medidas concretas para retificar os problemas relacionados. No início deste ano, a China divulgou um plano de ação para proteger e restaurar o Yang-Tsé, com metas que incluem eliminar mais de 90% das águas “negras e malcheirosas” nas cidades de nível distrital acima ou ao longo do Cinturão Econômico do Rio Yang-Tsé até o fim de 2020.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.