Viagens durante Ano Novo chinês caem devido à pandemia

Em outros anos, centenas de milhões de chineses se deslocaram pelo país

Autoridades chinesas informaram, na última semana, que as viagens no país caíram pela metade durante o feriado do Ano Novo chinês deste ano. A queda é resultado do apelo do governo para as pessoas evitarem movimentações pela China, em uma tentativa de impedir surtos de Covid-19.

No feriado mais importante do país, centenas de milhões de pessoas costumam aproveitar os dias de folga para visitar suas províncias de origem e se reunir com suas famílias.

Segundo o Ministério dos Transportes, 97,7 milhões de viagens foram feitas durante a festa, de 11 a 17 de fevereiro. O número representa uma queda de 58% em relação ao ano passado, que também foi afetado pelo coronavírus. Em comparação com o feriado de 2019, antes da pandemia, a diminuição é de 71%.

Para impedir novos focos de infecção com o vírus, as autoridades do país recomendaram evitar viagens desnecessárias. Algumas medidas também foram tomadas para incentivar a permanência nas cidades. Pequim, por exemplo, distribuiu vouchers de compras aos moradores que ficaram na capital chinesa.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.