Veículo explorador chinês percorre mais de 400 metros no lado escuro da Lua

O Yutu-2 entrou em modo dormente devido à falta de energia solar

Em uma exploração científica no território lunar, o veículo chinês Yutu-2, ou Coelho de Jade-2, conseguiu percorrer um total de 447,68 metros no lado escuro do satélite natural. O veículo terminou seu trabalho no 17º dia lunar e entrou em modo dormente devido à falta de energia solar.

Um dia lunar é igual a 14 dias na Terra e uma noite lunar tem a mesma duração. Como resultado do efeito de trava gravitacional, o ciclo de revolução da Lua é o mesmo que seu ciclo de rotação, e o mesmo lado fica sempre virado para a Terra.

O veículo explorador ajudou os cientistas a desvendar os segredos enterrados nas profundezas da superfície no lado escuro da Lua, enriquecendo a compreensão humana sobre a história da colisão celeste e atividades vulcânicas e lançando nova luz sobre a evolução geológica da Lua.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.