Vale do Silício chinês registra aumento de 11,9% na receita

Nos sete primeiros meses do ano, a receita das principais empresas de tecnologia do Parque Científico de Zhongguancun atingiu 3,2 trilhões de yuans

O Parque Científico de Zhongguancun, centro de alta tecnologia de Pequim que também é conhecido como Vale do Silício chinês, registrou um aumento de 11,9% na receita durante os primeiros sete meses do ano, comparados ao mesmo período do ano passado. De acordo com o Departamento Municipal de Estatísticas de Pequim, a receita das principais empresas de tecnologia atingiu 3,2 trilhões de yuans (US$ 451 bilhões), e esse aumento se deus graças às inovações tecnológicas ativas.

Os seis principais campos de alta tecnologia do parque mantiveram um rápido crescimento, com os setores de eletrônica & informações e manufatura avançada tendo um aumento anual de 14% e 13%, respectivamente. Entre os meses de janeiro e julho, o gasto total do parque em pesquisa foi de 130 bilhões de yuans, 16,2% a mais que o do mesmo período de 2018.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.