Vacinas de COVID-19 são desenvolvidas pela China através de múltiplas rotas tecnológicas

Ao menos 46 imunizantes estão passando por testes em humanos no país

Cidadã de 89 anos recebe vacina contra COVID-19 no subdistrito de Aoyuncun, no distrito de Chaoyang, Beijing, capital da China, em 13 de julho de 2022. (Xinhua/Ju Huanzong)

Créditos: Xinhua/Ju Huanzong

Pelo menos 46 vacinas contra a COVID-19 estão passando por testes em humanos na China e mais de 20 estão em testes clínicos no exterior, à medida que o país avança em sua pesquisa e desenvolvimento de imunizantes através de múltiplas rotas tecnológicas.

Entre elas, há três vacinas monovalentes inativadas projetadas para neutralizar as variantes Omicron em testes para imunização sequencial na parte continental da China, Hong Kong e Emirados Árabes Unidos, e esses testes estão indo bem.

Além disso, duas candidatas à vacina de COVID-19 com base no mRNA independentemente desenvolvidas mostraram-se eficazes em testes pré-clínicos, mostrando seu potencial para testes em humanos, de acordo com um artigo publicado em junho na revista Emerging Microbes & Infections.

O estudo mostrou que as duas vacinas, o mRNA-Beta e o mRNA-Omicron, podem induzir níveis de anticorpos neutralizantes de título alto contra variantes originais e múltiplas SARS-CoV-2, como Beta, Delta e Omicron.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.