Vacina da chinesa Sinovac é confiável e positiva, mostra estudo chileno

Apesar de novas variantes, governo afirmou que imunizante “está funcionando adequadamente”

Um estudo atualizado mostrou que a vacina CoronaVac, desenvolvida pela chinesa Sinovac, é 65,3% eficaz na prevenção da Covid-19, disse o Ministério da Saúde do Chile na segunda-feira.

“Com pelo menos quatro meses de acompanhamento, temos números confiáveis e positivos”, disse o doutor Rafael Araos, assessor da Subsecretaria de Saúde Pública, acrescentando que os dados obtidos no período são “consistentes”.

Apesar das variantes da COVID-19 em circulação, “a vacina está funcionando adequadamente”, disse ele a repórteres em uma entrevista coletiva. As informações mais recentes atualizam os resultados de um estudo anterior, que Araos apresentou em 16 de abril, e segue o monitoramento de mais 10,2 milhões de pessoas até 1º de maio.

A eficácia da vacina na prevenção da hospitalização aumentou para 87%; na prevenção da internação em unidade de terapia intensiva (UTI), para 90,3%; e na prevenção de mortes por Covid-19, para 86%, segundo Araos.

 

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.