Vacina chinesa inalável contra Covid-19 é segura e eficaz, diz estudo

Imunizante apresentou resultados positivos como dose de reforço durante testes

Créditos: Xinhua/Chong Voon Chung

Um teste clínico na China apontou que uma vacina de reforço contra COVID-19 inalável se mostrou segura e eficaz em adultos.

Cientistas liderados por Chen Wei, da Academia de Ciências Médicas Militares da China, desenvolveram uma vacina baseada em vetores do adenovírus tipo 5 aerossolizados (Ad5-nCoV), administrada por inalação oral.

O grupo de Chen e os pesquisadores do Centro Provincial de Controle e Prevenção de Doenças de Jiangsu realizaram um ensaio randomizado, de rótulo aberto e controlado para avaliar a segurança e a imunogenicidade da vacina como um injeção de reforço em 420 adultos chineses que haviam recebido duas doses de vacina inativada.

Os participantes qualificados foram aleatoriamente designados entre 14 e 16 de setembro do ano passado para receber uma dose baixa ou uma alta dose de vacina inalável, ou a vacina idêntica às suas duas vacinas intramusculares anteriores, como um grupo de controle, de acordo com o estudo publicado recentemente na revista Lancet Respiratory Medicine.

Os resultados mostraram que, 14 dias após a dose de reforço, o grupo de baixa dose apresentou concentração de anticorpos neutralizantes de soro de 744,4 e o grupo de alta dose, 714,1, significativamente maior que a do grupo de controle de 78,5.

Os anticorpos neutralizantes induzidos pela vacina podem se ligar ao coronavírus e evitar que infecte células.

Além disso, apenas 26 e 33 participantes relataram reações adversas nos grupos de baixa e alta dose, respectivamente, no prazo de 14 dias após a vacinação do reforço, significativamente menos do que os 54 relatados no grupo de controle, segundo o estudo.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.