Vacina chinesa diminui crescimento da variante Delta, diz estudo

Pesquisa foi realizada na cidade de Guangzhou, no sul da China

As vacinas chinesas inativadas contra a Covid-19 reduziram a propagação da variante Delta durante um surto em maio na cidade de Guangzhou, no sul da China, mostrou um estudo.

Liderados pelo epidemiologista chinês Zhong Nanshan, pesquisadores do Centro de Controle e Prevenção de Doenças de Guangzhou descobriram que duas doses do imunizante forneceram uma eficácia de 70,2% contra a doença com sintomas moderados, e 100% contra casos graves da cepa.

Enquanto isso, com uma eficácia de 13,8%, a vacinação em dose única não forneceu proteção suficiente. Os resultados foram publicados na revista Emerging Microbes & Infections.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.