Vacina chinesa da Sinopharm tem eficácia de 84% contra mortalidade, segundo Argentina

Estudo do Ministério da Saúde analisou mais de 150 mil pessoas de 60 anos ou mais

A vacina contra Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinopharm é 84% eficaz na prevenção de fatalidades pela doença, apontou um relatório do Ministério da Saúde da Argentina.

O documento, intitulado “Estudo sobre Eficácia da Campanha Nacional de Vacinação na Redução da Mortalidade por Covid-19 em Pessoas com 60 anos ou mais”, foi elaborado pela pasta com casos nas 24 províncias do país no período de 1º de janeiro a 22 de junho.

A eficácia contra mortalidade chegou a 61,6% com a aplicação da primeira dose nos 147.908 casos analisados, e aumentou para 84% após a segunda dose ser aplicada ao mesmo número de pessoas.

Em fevereiro, o país autorizou o uso emergencial da vacina da Sinopharm. A Argentina já aplicou mais de 24,61 milhões de doses desde dezembro do ano passado, quando iniciou sua campanha nacional de imunização.

Além disso, ainda estão em vigor medidas de distanciamento social preventivas e obrigatórias em todo o país até 6 de agosto, conforme estipulado pelo governo.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.