Vacina chinesa da CanSino é 65,7% eficaz

Resultados preliminares da terceira fase dos testes mostram efetividade do fármaco de dose única

O imunizante Ad5-nCoV, da chinesa CanSino, se mostrou 65,7% eficaz na prevenção de casos sintomáticos de Covid-19 e 90,98% contra casos graves da doença, segundo reportagens recentes. Os números são resultados de uma análise inicial da terceira fase dos testes clínicos realizada com dose única.

O estudo foi feito com 30 mil voluntários de vários países e 101 casos de infecção do novo coronavírus. A observação foi conduzida por um comitê independente no Paquistão.

De acordo com Faisal Sultan, funcionário da pasta da Saúde no país, não houve problemas graves de segurança com a vacina. Além disso, só no Paquistão, “a eficácia na prevenção de casos sintomáticos é de 74,8% e 100% na prevenção de doenças graves.”

Em novembro do ano passado, o laboratório CanSino anunciou que realizava a terceira fase dos testes na Rússia, Paquistão e México e que buscava aprovações para fazer a prova em outros países.

A vacina foi co-desenvolvida pela CanSino e pela Academia de Ciências Militares da China.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.