Vacina chinesa cria “oásis pandêmico” em cidade brasileira, diz veículo japonês

Serrana já teve 97,7% de residentes adultos vacinados com a CoronaVac

A vacina CoronaVac, desenvolvida pela biofarmacêutica chinesa Sinovac Biotech, transformou a cidade de Serrana em um “oásis pandêmico” em meio às infecções por Covid-19, segundo o veículo de imprensa japonês Nikkei Asia.

O município, localizado a cerca de quatro horas da cidade de São Paulo, foi o cenário de uma campanha intitulada “Projeto S”, que imunizou com sucesso 97,7% de seus residentes adultos com a CoronaVac.

Segundo a mídia japonesa, a cidade de cerca de 45 mil habitantes tem vivido uma realidade bem diferente do resto do país. No mês de abril, as mortes por coronavírus no local diminuíram em 70%, representando um total de seis casos. Nenhuma das vítimas tinha tomado as duas doses do imunizante quando contraíram o vírus.

Serrana foi particularmente atingida pela primeira onda de infecções no Brasil no ano passado. O programa do governo estadual de São Paulo foi lançado em fevereiro, e os últimos participantes receberam a segunda dose no dia 11 de abril.

Ainda neste mês, é aguardado que o governo divulgue os dados finais sobre o “Projeto S”, em que é esperado resultados positivos sobre a efetividade da CoronaVac na diminuição das infecções causadas pelo coronavírus.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.