Vacina chinesa contra COVID-19 pode chegar ao SUS em dezembro, afirma João Doria

“Nesta primeira etapa teremos acesso a 45 milhões de doses enviadas pela China”, disse o governador de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou na quarta-feira que a CoronaVac poderá estar disponível no Sistema Único de Saúde (SUS) ainda em dezembro deste ano.

A vacina contra a COVID-19, produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, ainda está na terceira etapa de testes. Após a conclusão dos estudos, cabe à Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovar a aplicação.

“Se tivermos esta terceira fase de testagem bem concluída no final do mês de outubro, ou no máximo até a primeira quinzena de novembro, já em dezembro deste ano teremos a vacina disponível para a imunização da população brasileira. Nesta primeira etapa teremos acesso a 45 milhões de doses enviadas pela China”, disse Doria.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.