Usuários globais já podem utilizar Sistema de Navegação BDS com serviços atualizados

Desenvolvimento da tecnologia chinesa envolveu mais de 400 agências e 300 mil pesquisadores e técnicos

O Sistema de Navegação por Satélites BeiDou (BDS) foi oficialmente disponibilizado pela China para usuários globais com serviços atualizados na última sexta-feira. O sistema BDS envolveu a participação de mais de 400 agências e 300 mil pesquisadores e técnicos.

Considerados o “coração” do sistema de navegação, os relógios atômicos de rubídio foram desenvolvidos pela Academia de Tecnologia Espacial da China. A tecnologia fornece padrões de tempo e frequência para os satélites BDS e é fundamental para o posicionamento, medição de velocidade e precisão de tempo do sistema.

“No futuro, nosso objetivo é aumentar o desempenho dos relógios de rubídio e melhorar sua precisão diária de um bilionésimo de segundo para um décimo bilionésimo de segundo”, disse Lei Wenqi, ex-líder do projeto na filial de Xiam.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.