Universidade chinesa estabelece recorde do Guinness na duração de voo com drone

Aeronave não tripulada que voa ao bater suas asas mecânicas ficou no ar por mais de uma hora e meia

Universidade Beihang/divulgação via Xinhua

Uma equipe de pesquisa de uma universidade chinesa estabeleceu um recorde do Guinness para a mais longa duração de voo de um ornitóptero, uma aeronave não tripulada que voa ao bater suas asas mecânicas. Construída por pesquisadores e estudantes da Universidade de Aeronáutica e Astronáutica de Pequim, a máquina parecida com um pássaro voou sem parar por 1 hora, 30 minutos e 4,98 segundos.

Um vídeo divulgado na quinta-feira mostra o voo recorde (carga única) que ocorreu em um espaço aberto em Pequim  em 21 de julho. A universidade divulgou o certificado do Recorde Mundial do Guinness em seu comunicado de imprensa. Alimentado por bateria de íons de lítio, o drone ornitóptero pesa 1,6 kg, tem envergadura de 2 metros e é capaz de voar a uma velocidade de 10 metros por segundo.

Zhao Longfei, pesquisador associado do Instituto de Pesquisa para Ciência de Fronteira da universidade e membro da equipe de pesquisa, disse que a equipe se candidatou ao desafio do Guinness em outubro de 2021. As durações de voo anteriores de ornitópteros em todo o mundo eram curtas, a maioria das quais podia durar apenas meia hora, o que estava significativamente atrás de outros tipos de aeronaves convencionais, então o recorde mundial estava desocupado, acrescentou Zhao.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.