Turismo é peça-chave para combater a pobreza

Segundo relatório, aproximadamente 80 milhões de pessoas foram empregadas devido ao crescimento da indústria do turismo na China

A indústria do turismo na China se tornou um fator-chave para impulsionar o desenvolvimento econômico e ajudar no alívio da pobreza, de acordo com um relatório divulgado pela World Tourism Alliance e a Academia de Turismo da China. O estudo aponta que cerca de 80 milhões de pessoas foram empregadas graças à crescente indústria do turismo, o que corresponde a 10,3% da população ativa.

Segundo o texto, o turismo já foi reconhecido como a indústria mais importante para ajudar as pessoas a se livrarem da situação de pobreza, especialmente nas províncias centrais e do oeste da China.

“Cerca de 4,8 mil pessoas em 101 viajantes pobres (monitorados por um banco de dados nacional de turismo rural) em todo o país se livraram da miséria ao se envolverem ativamente no turismo rural, representando 30,4% das pessoas que saíram da pobreza”, aponta Li Jinzao, vice-ministro da Cultura e Turismo. O trabalho de alívio da pobreza orientado pelo turismo pode trazer resultados positivos para os setores econômico e espiritual, avalia ele.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.