Tibete tira cerca de 150 mil pessoas da pobreza em 2019

A região autônoma conseguiu fazer com que 19 de seus distritos saíssem da lista oficial de pobreza no ano passado

Cerca de 150 mil pessoas foram tiradas da pobreza na Região Autônoma do Tibete em 2019, sendo que 19 distritos foram bem-sucedidos ao deixar a lista oficial da pobreza na região, que fica localizada no sudoeste da China, pelo que informou o presidente do governo regional, Qizhala.

Um total de 155 mil pessoas receberam capacitação profissional e 186 mil se beneficiaram de projetos de inserção no mercado de trabalho apoiados pelo governo local. Segundo Qizhala, em 2020 o Tibete continuará dando prioridade na luta contra a pobreza.

A China tem como objetivo erradicar a pobreza absoluta em toso o seu território ainda neste ano de 2020.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.