Templo Shaolin reabre ao público com novas medidas de controle epidêmico

Testes de ácido nucleico foram realizados nos monges que habitam o mosteiro, considerado o berço do kung fu chinês

Após cinco meses fechado por causa da epidemia de coronavírus, o Templo Shaolin reabriu suas portas ao público nesta segunda-feira.

O mosteiro budista de 1500 anos está localizado na província central de Henan e é considerado o berço do kung fu, tradicional arte marcial chinesa.

A instalação anunciou que está aplicando mais rigorosamente medidas de controle epidêmico, incluindo a desinfecção completa e testes de ácido nucleico em monges que habitam o templo.

O Templo Shaolin, assim como muitos outros locais históricos e culturalmente valiosos da China, foi fechado no final de janeiro, em meio à luta do país contra o surto de COVID-19.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.