Telescópio chinês detecta pela primeira vez hidrogênio neutro extragaláctico

Descoberta feita por maior radiotelescópio do mundo pode enriquecer estudos sobre matéria escura, um dos grandes mistérios da astronomia moderna

O maior radiotelescópio do mundo detectou pela primeira vez a emissão de hidrogênio neutro extragaláctico. A descoberta feita pela tecnologia chinesa pode ajudar a enriquecer a compreensão sobre a matéria escura, componente invisível no universo e um dos maiores mistérios da astronomia moderna.

Uma equipe internacional liderada pelo Centro de Astronomia da América do Sul sob a Academia Chinesa de Ciências (CAS) trabalhou na pesquisa, analisando os dados obtidos pelo Radiotelescópio Esférico de Abertura de Quinhentos Metros (FAST).

Os cientistas identificaram a emissão de linha de hidrogênio neutro de três galáxias extragalácticas com apenas cinco minutos de exposição. Esta detecção mostra a extraordinária sensibilidade do telescópio.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.