Tecnologia científica é chave para cooperação bilateral entre China-EUA

O cônsul chinês em Houston disse que o intercâmbio e a cooperação em nível local e municipal entre China e EUA dá base para o desenvolvimento saudável das relações entre os dois países

A ciência e a tecnologia são uma parte importante das relações bilaterais entre a China e os Estados Unidos, pelo que disse Cai Wei, o cônsul-geral chinês em Houston, em seu discurso na 27ª conferência anual da Associação Chinesa de Profissionais em Ciência e Tecnologia (CAPST). Ele ressaltou que a importância da comunicação e da cooperação entre cidades da China e dos Estados Unidos, particularmente em ciência e tecnologia, dizendo que o CAPST ajudou a unir colaborações, criar confiança e criar oportunidades entre os dois países.

“O intercâmbio e a cooperação em nível local e municipal estabeleceram as bases para o desenvolvimento saudável das relações EUA-China”, disse o cônsul-geral chinês, acrescentando que a Cúpula de Investimento e Inovação EUA-China (UCIS) também fornece uma plataforma para acordos bilaterais e cooperação em ciência e tecnologia. A 4ª UCIS, organizada conjuntamente  pelo Centro de Intercâmbio de Ciência e Tecnologia da China e pela Aliança de Inovação EUA-China, foi realizada em Houston no mês de maio, e atraiu cerca de 300 participantes da China e dos Estados Unidos, incluindo empresários e investidores.

O CAPST, sediado em Houston, é uma organização profissional sem fins lucrativos, destinada a utilizar a experiência de seus membros em ciência, tecnologia, gestão e outras áreas relacionadas para promover intercâmbios científicos, tecnológicos, culturais e econômicos entre os Estados Unidos e China, e fornecer serviços e oportunidades para seus membros participarem ativamente das atividades da comunidade.

Fonte: Xinhua

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.