Tecelagem contribui para aumento da renda de aldeões em vila de Shanxi

Produtos foram incluídos na lista de patrimônio cultural imaterial nacional em 2020

A tecelagem se tornou uma atividade para aumento de renda na vila Kaizhang, no leste de Yuncheng, em Shanxi. Desde dezembro do ano passado, os produtos de tecido foram incluídos na lista do patrimônio cultural imaterial nacional, atraindo turistas à região.

De acordo com o jornal Diário do Povo, nos primeiros anos da vila, os moradores viviam do cultivo de algodão, proporcionado pelas terras férteis próximas do Rio Amarelo. Assim, começou a criação de roupas para os próprios residentes do local, o que se tornou uma tradição ensinada por gerações.

Em 2012, mais de 320 moradores criaram uma cooperativa com uma marca de tecidos tradicional. Atualmente, mais de 100 tipos de produtos são exportados para países como Rússia, África do Sul e Singapura.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.