Táxis sem motoristas transportam passageiros no centro da China

Estão sendo feitos testes com passageiros em 45 veículos de condução autônoma na cidade de Changsha, capital da província de Hunan

45 táxis equipados com tecnologia de condução autônoma deram início à sua nova fase de testes e começaram a transportar passageiros em Changsha, como parte dos esforços da capital provincial de Hunan para se tornar uma cidade inteligente.

Os carros são Apollo Robotaxis e foram coproduzidos pela gigante chinesa de inteligência artificial Baidu e a montadora nacional FAW Hongqi. Eles são veículos de passageiros autônomos de nível L4, o que significa que são capazes de lidar com a condução sem intervenção humana em condições limitadas. Em abril, a Baidu e outras duas empresas locais criaram uma joint-venture para ajudar a promover o projeto.

Changsha construiu uma zona de teste nacional para veículos conectados inteligentes (ICV, na sigla em inglês) e uma cadeia industrial sólida. A extensão do trajeto experimental pode atingir 50 km até o final deste ano e 135 km no primeiro semestre de 2020.

Nos últimos anos, a condução autônoma se tornou uma das prioridades de investimento da Baidu, que lançou uma plataforma aberta chamada Apollo em 2017 para coordenar os esforços entre setores da área.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.