Suzano, maior produtora global de celulose de eucalipto, quer aumentar presença na China

Empresa brasileira ainda contribui ativamente com o país asiático

A empresa brasileira Suzano, maior produtora global de celulose de eucalipto e líder mundial no mercado de papel, pretende aumentar sua presença na China, explicou o presidente do Conselho de Administração da empresa, David Feffer.

“A nossa presença na China vai além das relações comerciais, procuramos contribuir ativamente com o povo chinês, com o governo, escolas e universidades. Ainda durante o início da pandemia, a Suzano fez uma doação que para nós foi muito grande, de 200 mil máscaras para a população chinesa, e foi feita com muita vontade de estreitar o relacionamento com uma nação tão poderosa como a China”, afirmou.

“A China é o mercado mais importante para todas as empresas do mundo e também para a Suzano”, destacou Feffer. “Temos uma operação muito grande no país, com mais de 30 pessoas. Temos um relacionamento com o governo, com think tanks e centros de inovação.”

Feffer está convencido de que a Suzano “pode aprender e contribuir muito” na China, “principalmente na área de sustentabilidade e bioeconomia, onde temos muita experiência com nossas práticas industriais, florestais, logística, indústrias e na área de sustentabilidade”.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.