Suprimentos de ajuda doados pela China chegam ao Afeganistão

Terremoto matou mais de mil pessoas no sudeste do país

Créditos: Xinhua/Fan Haoyu

O primeiro lote de suprimentos de socorro ao terremoto doados pelo governo chinês chegou ao Aeroporto Internacional de Cabul, no Afeganistão, na noite de segunda-feira e foi entregue ao lado afegão.

O embaixador chinês no Afeganistão, Wang Yu, e Ghulam Ghaws Naseri, ministro de Estado interino para gestão de desastres e assuntos humanitários do governo interino do Afeganistão, liderado pelo Talibã, participaram da cerimônia de entrega no aeroporto.

Na cerimônia, Wang disse que o governo chinês decidiu fornecer 50 milhões de yuans (cerca de 7,5 milhões de dólares americanos) em suprimentos de emergência humanitária ao Afeganistão, e que o primeiro lote de suprimentos inclui tendas, camas dobráveis ​​e cobertores.

Wang disse que mais seis aviões chineses vão entregar suprimentos de emergência nos próximos três dias. Ele acrescentou que todos os suprimentos de alimentos que a China prometeu em assistência ao Afeganistão chegaram mais cedo.

Naseri agradeceu à China por expressar suas condolências e oferecer suprimentos de assistência emergencial imediatamente após o terremoto, e disse que as medidas mostram a amizade de longa data entre os povos dos dois países.

Em 22 de junho, um forte terremoto no sudeste do Afeganistão matou mais de 1.000 pessoas e feriu cerca de 2.000 outras, destruindo dezenas de milhares de casas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.