Startup chinesa Luckin Coffee chega a mais cidades do país

Com o objetivo de ultrapassar a rede Starbucks e dominar o mercado chinês de café, a Luckin Coffee já está presente em 36 cidades chinesas

A startup chinesa Luckin Coffee anunciou a abertura de novas lojas em mais 14 cidades do país, como parte da iniciativa de ultrapassar a rede Starbucks dentro do mercado da China. A expansão para cidades como Hefei, Foshan, Shenyang e Kunming eleva o número total de cidades com franquias da Luckin para 36, segundo um comunicado emitido pela empresa. Até o fim do mês eles deverão continuar expandindo para várias outras cidades chinesas.

No início do ano, a startup anunciou que tinha planos de abrir 2,5 mil novas lojas em 2019, ficando com um total de 4,5 mil estabelecimentos até o fim do ano. A ambiciosa meta da Luckin Coffee é a de superar a Starbucks se tornando a maior rede de café da China tanto em termos de pontos de venda quanto de xícaras de café vendidas. A gigante norte-americana tem atualmente mais de 3,6 mil lojas no país.

Com sede em Xiamen, a Luckin Coffee começou a operação experimental em janeiro do ano passado, vendendo café em lojas tradicionais e na internet e fazendo entregas. A sua expansão vem sendo meteórica graças a seus descontos e serviços convenientes, permitindo que a startup abrisse 2.073 franquias em 22 cidades em todo o país até o final de 2018, com quase 90 milhões de xícaras de café vendidas.

No fim do ano passado a startup concluiu sua rodada de financiamento B no valor de US$ 200 milhões, elevando o seu valor para aproximadamente US$ 2,2 bilhões.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.