Sonda chinesa deve pousar em Marte em maio ou junho

A Tianwen-1 está funcionando normalmente

A sonda chinesa Tianwen-1 está orbitando Marte a uma velocidade de 4,8 km por segundo e deve pousar no planeta vizinho em maio ou junho deste ano, divulgou Bao Weimin, diretor do Comitê de Ciência e Tecnologia da China Aerospace Science and Technology Corporation, na última semana.

O diretor comentou que o equipamento está funcionando normalmente e enviou as primeiras imagens em alta definição de Marte, contendo grande quantidade de dados científicos.

A Tianwen-1 analisará a topografia da área pré-selecionada de pouso e realizará observação meteorológica ao longo das rotas do voo para evitar poeira ao pousar no planeta.

Bao lembrou que cerca de 50 missões a Marte já foram lançadas no mundo, mas aproximadamente dois terços falharam. Ele ainda acrescentou que, embora a exploração do planeta vermelho pela China tenha começado tarde, a sonda foi projetada para ser eficiente e inovadora, com o objetivo de completar as operações de orbitar, pousar e explorar somente em uma viagem.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.